A arte da vida

Escrevo e canto
Surgem pensamentos e os ponho na mesa
Dialogo com a vida e a expresso em arte
Fugindo da mesmice de achar que estou pronto
Nunca estive pronto, nem pra vida, tampouco pra arte.

Escrevo e toco
Abro livros e converso com seus escritores
Faço orações e me conecto com necessidades para além de mim
Me reúno com amigos e a trivialidade faz da arte seu fim
Nunca enxerguei tudo, nem na vida, tampouco na arte

Escrevo e declamo
Ouço depoimentos e mergulho nas dores humanas
Aconselho pelo senso que julgo ser bom e aprendo a arte de influenciar pro bem
Aceito as demandas que exigem de mim a arte de bem viver
Não percorri todos os caminhos, nem da vida, tampouco da arte.

A arte de viver talvez seja a vida transmitida pela arte.
Dúvidas do cotidiano transformadas em palavras coloridas pelas percepções do artista.
Imagens da realidade expostas de uma forma tal a instigar imaginação e significados.
Melodias e poesias elevando a alma à alturas jamais exploradas.
Há muitos vôos a alçar, tanto na vida, quanto na arte!

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200


2 comentários sobre “A arte da vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s