Casa Cheia

Ah, como eu gosto de casa cheia
Amigos celebrando a vida em sua inteireza
Dando risadas, sem medo da felicidade, marcando bobeira
Comendo, bebendo e juntos se divertindo
Música, dança, piadas, todo mundo rindo
Cessando por um tempo as preocupações
Contando o que pensa, compartilhando emoções
Discutindo os temas, trazendo à memória as próprias percepções

Ah, como eu gosto de casa cheia
Amigos irmãos servindo-se da mesa
Em memória do Salvador participando da ceia
Sem ritos, sem pesos ou regulamentações
Servindo uns aos outros com singeleza, unindo os corações
Fazendo da vida uma experiência celestial
Se relacionando sem interesses, com gratidão essencial
Santificando o tempo, tornando puro o aparentemente trivial.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s