Me perguntaram: Você concorda que muitas comunidades tem produzido uma dicotomização do pensamento, ou seja, aquela mentalidade onde tudo o que se produz dentro da igreja é santo e tudo o que é produzido fora da igreja é profano?

Santo é tudo aquilo que promove o bem, a pureza, o amor, a misericórdia, o respeito, a libertação. Profano é tudo o que destrói, entope a percepção, distorce a realidade, tudo o que manipula, corrói o bem, tudo o que conduz ao erro. Todos os ambientes da terra (inclusive as comunidades cristãs) estão repletos do que é santo e do que é profano, por isso a necessidade de examinar tudo e reter o que é bom.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: