Grãozinho
Escondido no chão
Invisível
Esperando a rega da mão

Crescendo
Almejando o céu
Devagarinho
Até cobrir com seu véu

Folhagem
Orvalho encantado
Ventania
Ruído desorientado

Frutifica
Dá aos seres o que comer
Adoça a vida
Faz a alegria acontecer

Grãozinho
Cai repentino no chão
Se esconde
E cumpre um novo ciclo, então.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: