1) Igreja não é um prédio, não é uma instituição religiosa, não é um conjunto de dogmas, não é uma organização com hierarquias de poder.

2) Igreja é o encontro singelo de pessoas que foram atingidas pelo amor de Deus e que por isso, amam se encontrar e compartilhar a fé, e buscam crescer na graça e no conhecimento de Jesus juntas.

3) O encontro da igreja pode ter dia e hora marcado, mas também pode acontecer de forma espontânea e sem organização prévia.

4) O encontro da igreja pode acontecer num salão alugado ou comprado, tanto quanto pode acontecer na praça, na rua, no ponto de ônibus, na casa, na padaria ou em qualquer outro lugar da terra.

5) A igreja não tem nenhum outro dono, a não ser Jesus que a chamou de “minha igreja”.

6) Todo ser humano participante do encontro-igreja é meramente servo, aprendiz, colaborador que coloca os dons que recebeu a serviço de todos, sem distinção e sem buscar o reconhecimento dos demais.

7) A igreja não recebeu de Jesus a instrução de ser juíza de Deus na terra, apontando os erros e convencendo os homens de seus pecados, pelo contrário, ela recebeu a instrução de amar da mesma forma como Jesus a ama, incondicionalmente.

8) A igreja existe para ser um sinal de que a vida proposta por Jesus é possível, é real, é visível, é eterna, e é a representação da verdadeira cura da humanidade, pois ela transforma o homem de dentro pra fora e não o contrário.

9) O encontro-igreja pode possuir muitas formatações, jeitos, maneiras, ilimitadamente, mas a essência só pode ser uma: encontrar-se em torno de Jesus.

10) Há inúmeras comunidades que se denominam como igrejas, que a semelhança de uma das igrejas do apocalipse, expulsaram Jesus de seus ajuntamentos e por isso ele está à porta, batendo, querendo entrar outra vez.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: