Não é fácil seguir Jesus. Ele não está preso nas seguranças terrenas, ele não tem medo de mudar a rota do seu caminho para atender uma demanda, ele sempre está disposto a abrir mão de sua vontade por amor ao próximo e ao Pai. Ele relativiza as relações terrenas (inclusive as familiares) quando essas se tornam uma prisão que nos impedem desenvolvermos nossa relação com Deus. Ele nos chama a uma vida que se estabelece olhando pra frente, colocando a mão no arado e prosseguindo na labuta, sem saudades, nem olhares para trás.

Ouça a mensagem abaixo:

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: