Não quero ser mais evangélico

Qualquer movimento religioso que se diga seguidor de certos preceitos, ou mesmo de certa pessoa, precisa necessariamente buscar coerência e harmonia entre aquilo que se prega e vive em relação àquele que é o “objeto” de sua fé. No caso da fé evangélica, ela parte da premissa da fé no evangelho, nas boas novas trazidas por Jesus, mas não raramente acaba por contradizendo o que foi ensinado pelo próprio Jesus, levando homens e mulheres ao cansaço, à angustiante declaração: “Não quero ser mais evangélico”!

Ouça o depoimento de três pessoas que se encontram nessa condição, Caio Fábio, Ricardo Gondim e Ariovaldo Ramos, narrado por Ed Rene Kivitz:

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200


2 comentários sobre “Não quero ser mais evangélico

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s