Pelas areias brancas de uma praia deserta
Ela caminha como quem não tem opção
Lembranças é que não faltam
Cicatrizes no coração
Mas a vida é mesmo muito ingrata
Não sabe brincar com quem lhe quer bem
Cada um deve ter mesmo a sua sina
Ou será que não tem?
Seus passos são largos
Não lhe ensinaram diferente
A força está nas pernas da guerreira
A estrela do samba candente
Não mexa com ela não, seu môço
E nem ouse levantar a crista
Salve, salve, Jorge Amado!
Viva Tereza Batista!
Felipe Farah
felipefarah12@gmail.com
felipe

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: