O encontro d’olhar
Segundos em horas
A solidão e o deixar
Meses em horas
A mágoa e o chorar
Anos em horas
O medo de não voltar
Décadas em horas
O eterno adeus: voar
Séculos em horas
Nunca mais te avistar
Milênios em horas…

E eu espero,
E eu me corroo,
E eu transcendo o tempo,
E eu perco a cor,
E eu calo a voz,
E eu crio sinais,
E eu mato meus sonhos,
Pra um segundo
Eternidade em momento
Te olhar,
Te tocar,
Te beijar,
E morrer de alívio,
Pois o tempo é nosso…
E o amor… eterno!

Paula Hanke
paula.hanke1987@gmail.com
paula-hanke

3 comentários

  1. O amor transcende a eternidade ,O amor é eterno ,nada sai ileso quando é tocado pelo amor , o tempo não tem o poder de ofuscar o verdadeiro amor. Bela reflexão .

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: