Ir para conteúdo
Anúncios

Quarto de pensão

Afaste de mim este seu corpo profano,
sedento por um amor barato trocado
por um pouco de comida que é jogada
imundamente dentro de seu prato.

Não quero mais sentir este seu cheiro
de fêmea no cio, que vive me maltratando.
e desprezando como se eu fosse o grande
culpado pela sua perdição…

Afaste de mim seu olhar pecaminoso
e um tanto criminoso que alivia minha
solidão neste pobre quarto de pensão.

Enquanto que o mundo do lado de fora
progride, você simplesmente me agride.
sendo uma mulher tão bela e vulgar…

Marcos Fiorentino
https://www.facebook.com/marcosjornalfiorentino
marcos-fiorentino

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: