Eu mudei
Embora às vezes não pareça, mas eu mudei
Talvez não para você, que não importando o que eu faça,
Sempre serei o que você quer ver

Eu mudei
Mas talvez não precise provar a você
Pois, isso não seria uma mudança e sim um orgulho
Prefiro deixar exalar e continuar vivendo

Eu mudei
Talvez não tanto quanto gostaria
Mas quem é que já chegou onde queria?
Prefiro a dinâmica do processo do que a estática do comodismo

Eu mudei
Não para você, embora seja inevitável
Mudei porque primeiramente fui mudado
Numa dialética que começou de cima pra baixo

Eu mudo
Num processo progressivo e reflexivo,
Que resulta em superação e altruísmo,
Sem pressa e nem atraso
Estagiando no tempo exato do meu espaço

Fábio Sant’Anna
fs-luiz@hotmail.com
fabio-santana

1 comentário

  1. Pingback: escreversonhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: