Sim, ela surgiu colossal, atroz e tétrica.

Não intuí sua comparência.

Não senti o seu odor putrefato.

Estava desprovida de esmero.

E tinha a mais absoluta eloquência para exprimir o seu mau cheiro: como sendo um andrajo sórdido, pestilencial e infecto.

Retire-se do meu manustérgio!

Por que obscurecer minha ablução, dona barata!

Livia Coelho de Oliveira
livia_coelho_9@hotmail.com
livia-coelho-de-oliveira

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: