Fazemos tantos planos
Imaginamos o futuro
Com quem nos casaremos
Quantos filhos teremos
Que faculdade escolheremos
Mas basta um detalhe
Um tropicão e tudo muda
Um erro de cálculo e a vida cessa
Um descuido e o idealizado se rasga
É uma questão de segundos
Por um equívoco nosso
Ou porque alguém se equivocou
E nós estávamos na fila
De um jeito ou de outro
O destino é o mesmo
O fim da pista nos aguarda
Sem pressa, sem avisos
Só espera de braços abertos
Basta um detalhe
E pronto
Foi

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

9 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: