Ir para conteúdo
Anúncios

Quando a Mente Mente

Certamente os discernimentos da Alma são ferramentas necessárias para a vida humana.

Filosofias, reflexões, complexidades, teorias e “ensinos ocultos”, nos fazem “empoderados” e, sutilmente, arrogantes no pensar e decidir das situações da vida.

Quando as tribulações são flagradas no outro, temos uma grande capacidade de incitar a Fé como escudo contra qualquer intempérie existencial.

Mas, e quando é você que se encontra em meio ao caos?

Convenhamos, parece que todo aquele papo de Fé que tanto você creditou, agora não tem tanta ênfase assim… 

E por que? Por que como conselho possui tanta força, entretanto, como atitude própria, desfalece no próprio pensar?

Aqui cabe uma diferença entre racionalidade e racionalismo…

Racionalismos atribuem valor somente ao pensamento lógico e sistemático. É uma construção mental de um todo cujas partes são inter-dependentes. Tudo se encaixa, tudo faz sentido, tudo é provável e racionalmente possível. 

A Racionalidade deve ser um atributo que transcende os encaixes lógicos e, sistematicamente, possíveis do ideal do Racionalismo. O ideal do Racionalismo são os logicismos, no entanto, a racionalidade deve prezar a sensatez da presunção de que os próprios pensamentos são falhos e insuficientes para se formar uma mente sadia.

A mente mente. Nossos próprios conhecimentos e reflexões, não raramente, nos levam ao cárcere mental, do qual não sairemos até que paguemos o último centavo…

Nossa mente mente. O tanto pensar, leva à conclusões que geralmente culminam em mágoas, orgulhos, ódios, invejas…

Dificilmente os racionalismos nos levarão ao Amor que apazígua e cura.

A mente mente e, por tal, abafa o dom da Fé. A Fé só é genuína quando praticada em cima da Rocha do Amor.

É quando se confia tanto no Amor de Deus que todas as lógicas reflexivas caem por terra.

É o agir pelo não agir.

É desconfiar dos próprios pensamentos e confiar todos os conflitos mentais para a Mente que não mente. A Mente de Cristo…

Nossa própria mente não é palha para o atropelo do dia a dia.

Nós estamos preterindo o Espírito Ajudador em favor dos “frutos” dos nossos próprios pensamentos e achismos. 

E por saber que sou o “maior dos racionalistas”, peço:

Senhor, livra-me de minha própria tolice e me acende a Fé! 

E o Senhor me responde:

Marcelo, não sobrecarregue seu coração, mas, confie! Eu teria muito para te explicar, porém, você ainda não conseguiria suportar!

Marcelo Bark
marcelobark@yahoo.com.br
marcelo-bark

Anúncios

Um comentário em “Quando a Mente Mente Deixe um comentário

  1. Pingback: escreversonhar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: