Ir para conteúdo
Anúncios

Abstrato

Pago um preço muito alto pela espera
Olho em volta e arranho a rosa que me espeta
Sangue salta feito tinta em tela abstrata
Trato tudo como brisa em meio à mata

Pela estrada deu vontade de cantar
Essa “jura secreta que não fiz”
Passaredo assustado vai ao ar
E eu me curvo sobre o coração de giz.

Carlos Francisco Freixo
cfreixs@gmail.com
Extraído do Livro: “Minha Hora Plena”
carlos_freixo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: