Desde o início da vida me vi enganando
agarrei com forças o calcanhar de meu irmão gêmeo
queria nascer primeiro
queria ser o mais importante
Mas, a vida tinha lições a me ensinar!

Aprendi o caminho da mentira
aprendi a me disfarçar, a me mascarar
aprendi a manipular as pessoas
me achava o mais esperto de todos
Por isso precisei de choques de realidade.

Roubei o direito de primogenitura
atraí o ódio de meu irmão
precisei fugir para não morrer
criei feridas que só após muito tempo foram curadas
Eu dividi minha própria família com minha maldade!

Quem planta um dia colhe
foi isso que aconteceu quando encontrei uma bela mulher
trabalhei o dobro para poder viver com ela
seu pai me trapaceou como eu fazia com todos
Então é assim que as pessoas se sentiam?

Pouco a pouco fui admitindo a realidade sobre mim
até um anjo precisei enfrentar
pois, nenhuma transformação em mim aconteceria
sem uma luta visceral, sem uma radicalidade essencial
Fiquei ferido na coxa para ser curado no coração!

Mesmo reconhecendo os erros que havia cometido
seria inevitável que algo do meu passado não respingasse nos meus filhos
eles se tornaram enganadores e maldosos como eu havia sido
menos o meu predileto, porém ele foi vendido como escravo
Somente no final de minha vida, vi com alegria meus filhos unidos e em paz outra vez!

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

2 comentários

  1. Excelente Rodrigo. Narrativa que vista em José do Egito, mostra um pouco dá trajetória de seu Pai Jacó, um pouco do sofrimento também. Que possamos aprender a lição sem repetir erros, mas imitar a fé.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: